APLICAÇÃO DE MODELO ESTATÍSTICO PARA ESTIMATIVA DA PRODUÇÃO DE SOJA NA REGIÃO DE BALSAS-MA

  • NADYNE GOMES REGO Universidade Federal do Maranhão - UFMA
  • DÉBORAH PIMENTEL DE ARAÚJO Universidade Federal do Maranhão - UFMA
  • JOÃO VALÉRIO DE SOUSA NETO Universidade Federal do Maranhão - UFMA
Palavras-chave: Produção de soja. Modelo estatístico. Estimativa. Regressão Linear. Método dos Mínimos Quadrados (MMQ).

Resumo

A economia da região sul do Maranhão é caracterizada pela agricultura, tendo como destaque a produção de soja na região de Balsas-MA. Este trabalho propõe a aplicação de um modelo estatístico para estimativa de produções futuras. Tais dados de produções anuais foram requisitados ao IBGE. Após a tabulação dos dados, foi aplicado o Método dos Mínimos Quadrados (MMQ), um modelo de regressão linear simples com o objetivo de encontrar uma função numérica de melhor ajuste à produção. Obteve-se o coeficiente de Pearson de 0,97, comprovando a correlação muito forte entre as variáveis. Com isso, constatou-se que o coeficiente de determinação de 0,94 encontrado, indica que 94% da produção de soja pode ser explicada pelo modelo aplicado. Com base nos resultados numéricos obtidos, através da aplicação de tal modelo, comprova-se que o modelo explica o acentuado crescimento das produções.

Biografia do Autor

NADYNE GOMES REGO, Universidade Federal do Maranhão - UFMA

Curso de Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia

DÉBORAH PIMENTEL DE ARAÚJO, Universidade Federal do Maranhão - UFMA

Curso de Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia

JOÃO VALÉRIO DE SOUSA NETO, Universidade Federal do Maranhão - UFMA

Mestre em Engenharia de Materiais pelo Instituto Federal do Piauí- IFPI. Atualmente Professor da Universidade Federal do Maranhão – UFMA.

Publicado
2020-09-30
Seção
REVISTA CIENTÍFICA DA FACULDADE DE BALSAS