VOZES DE PROFESSORES EM FORMAÇÃO INICIAL NA ESCRITA ACADÊMICA

PERSPECTIVAS ENTRE SOCIOPRAGMÁTICA E LINGUÍSTICA APLICADA

  • BRUNO GOMES PEREIRA Universidade do Estado do Pará - UEPA
Palavras-chave: Escrita Convencional. Escrita Reflexiva. Letramento Acadêmico. Linguística Aplicada.

Resumo

O objetivo deste trabalho é problematizar a construção de vozes de alunos-mestre de uma licenciatura em letras, ofertada por uma instituição pública de ensino superior ao Norte do Tocantins. A Fundamentação Teórica está alojada no campo indisciplinar da Linguística Aplicada, mobilizando também pressupostos teóricos da Sociopragmática Dinamarquesa. A Metodologia é de caráter bibliográfico, partindo da premissa de que se trata de uma proposta de intervenção teórico-metodológica, que opera no plano das contribuições teóricas para, assim, repensar a prática. A referida proposta de pesquisa é relevante no contexto de ensino universitário, tendo em vista o papel basilar da escrita neste contexto, a qual revela forças ideológicas que a fazem ser como é.

 

Palavras-Chave: Escrita Convencional. Escrita Reflexiva. Letramento Acadêmico. Linguística Aplicada.

Publicado
2020-09-30
Seção
REVISTA CIENTÍFICA DA FACULDADE DE BALSAS